Coisas Da Vida !!!

A vida pode nos deixar de "boca aberta" em momentos e circunstâncias velhas, novas, iguais e diferentes

Celebre os Detalhes

by - 3:22 PM

Você já doou tempo para observar as suas vitórias? Avaliou, com um sorriso no rosto e curiosidade no olhar, as suas descobertas? Persistiu mais do quê julgava suficiente em um novo desafio?

Talvez você tenha esquecido, mas lá atrás, quando ainda não sabia falar, se expressar, não era estudado, muito menos manjava de qualquer procedimento tecnológico, você tinha paciência, ansiedade de conhecimento e gozo por mínimas coisas.

Como quando descobriu seus dedos, inclusive os do pé. Provavelmente, com ajuda da flexibilidade, tentou colocar na boca. E quando viu sua mãozinha dando tchau pela primeira vez, você nem sabia o significado, mas fez questão de pegar brinquedos para usufruir do novo movimento. Curtiu aquele instante por vários minutos, algumas horas e demorou dias para aceitar e deixar rolar como algo natural.

Tudo surgiu tão espontaneamente e com tanta excitação que vale perguntar: porque deixamos de continuar celebrando o mínimo? Todas as mudanças são válidas, mesmo quando assustadoras, é uma questão de adaptação para dar, ou não, continuidade.

Impedimos a aproximação do desconhecido para nos mantermos na zona de proteção do conhecido. Então, perdemos preciosos momentos ao não aceitarmos a beleza da ignorância. Aprendemos como a ignorância é ruim, deve ser evitada, banida, só a palavra já é vista com maus olhos. Enquanto ela não tem lugar em nossa vida, a falta de humildade cresce e impede a vivência de incríveis novidades, bem como deixamos para lá as velhas naturezas. 

Não celebramos o respirar, mesmo em um ar poluído, afinal o corpo se adaptou. O funcionamento das pernas não é motivo de festa, mesmo quando você torce por um lugar vago no metrô. Até a caquinha do nariz e a cera de ouvido, cuja produção é essencial para manter tudo limpo aí dentro, devem ser comemoradas.

Em meio a tantas mentiras, confusões e enganações é preciso começar a celebrar. Você está aí e talvez não tenha explorado nem sentido metade das funções que estão à sua disposição, sejam elas naturais ou artificiais. Visualize, experimente, arrisque, sinta e não tema algumas dores no meio do caminho, elas fazem parte, o importante é viver.

Viver sem o objetivo de competir, viver sem querer mostrar suas conquistas, viver apenas para curtir a sua vida, viver para sorrir com seus momentos, viver para sentir suas emoções, viver para admirar e agradecer a vida. 

You May Also Like

2 comentários

  1. Sei do motivo especial desse texto ! E realmente precisamos voltar a apreciar cada mero detalhe e descobrindo. Quebrar a barreira da zona de conforto e celebrar ... Ah, celebrar SEMPRE 🎉

    ReplyDelete
    Replies
    1. Isso mesmo. Permitir a alegria em todos os momentos ;-)

      Delete