Coisas Da Vida !!!

A vida pode nos deixar de "boca aberta" em momentos e circunstâncias velhas, novas, iguais e diferentes

Mais uma partida, mais um início !

by - 3:06 PM

Aparentemente apenas mais uma despedida, foram tantas as vivenciadas, entretanto tão distinta como qualquer outra. Viver bem a vida. Viver cada momento de modo especial tornando-o único por toda a vida.

Na realidade tudo aconteceu muito rapidamente, quando não esperava por nada e, achava que o tempo ali seria um tanto quanto longo, o telefone toca e segundos depois o e-mail chega. Surpresa boa, sentimento de valor profissional.

Entre conversas, anseios por mudanças, cabeça a mil, o coração se dedicou a tomar conta desse momento, logo o pensamento nas conquistas e pessoas que entraram na vida e fizeram coisas grandiosas:

O primeiro a conhecer viu o potencial, acreditou e investiu. Soube enxergar algo além, mesmo sabendo que não tinha experiência alguma, que era totalmente crua na área, fez questão de lhe dar um espaço no qual vivenciou grandes descobertas e aprendizados, com certeza coisas mais do que importantes na vida de alguém. A confiança foi conquistada e tornou tudo mais do que especial. Obrigada pela credibilidade.

A outra um mulherão que ainda não enxergou sua capacidade, energia, o seu grande valor. Amada por muitos, mas que precisou passar por algumas situações para entender a quão amada era e, então a vida lhe surpreendeu. Um novo mundo começará em poucos dias. Se permitir esse será o tempo de fabulosas descobertas sobre si mesma. Obrigada pelas brincadeiras, puxadas de cabelo, corridas, não deixe que a jovialidade escape e permita somente o melhor.

A sinceridade sempre esteve em suas palavras e atitudes. Algumas circunstâncias amedrontavam os que rodeavam, mas sua coragem sempre permitiu lutar na vida e ser verdadeira. Se não gosta, não gosta! Alguns momentos de risadas aconteceram devido suas falas e situações bem inesperadas. Um parque de diversões ou assunto sobre o colegial podem causar grandes momentos de alegria e infantilidade, porém nunca tirando a maturidade que tomaram conta de si rapidamente. Obrigada por dividir seus novos conhecimentos culturais e problemas no computador comigo.

Bem no comecinho quando não sabia absolutamente nada colocaram do lado, sentadinha para observá-la e questioná-la sobre tudo o que queria saber. Por que ela? Bem porque era considerada uma das pessoas mais pacientes daquele lugar, com o tempo descobri que não estavam enganados. Sempre calma, tranqüila quando seus gritos eram ouvidos, definitivamente a coisa era grave. Obrigada pela paciência e momento backstreet boys.

Também estava encarando uma experiência nova, um pouco assustada, porém não o suficiente para desistir, pelo contrário sua garra aumentava a cada falha e cada vitória. Seu antigo posto foi ocupado pela amiga, aproveitou para dar dicas. Obrigada por fazer compreender que é preciso enfrentar um novo desafio com a cara e a coragem.

Ele usou e abusou, no bom sentido, entregava coisas sem pé nem cabeça onde o corpo precisava ser construído e, normalmente com certa urgência. Resultado, a língua estrangeira foi se tornando cada vez menos estranha, sorrisos por descobertas quase impossíveis, aprendizado por todos os lados quando recebia algo de suas mãos. Talvez não tenha idéia proporcional do que aprendi, mas obrigada por me fazer trabalhar e automaticamente me conceder tanto espaço para expandir meus conhecimentos, inclusive no âmbito fotográfico.

Entre boletos e comemorações os adoráveis momentos de discussões literárias, cinematográficas e ainda acompanhamento nas danças desengonçadas. Divertimento é seu sobrenome, só não aparece no RG por uma falha do cartório, apenas um detalhe. Basta conviver para sentir o companheirismo mais do que plausível. Obrigada por agüentar as doideiras, os nãos de mentirinha e a fertilíssima imaginação.

Elas entraram quase no momento em que estava batendo em retirada, porém ainda houve tempo para certa convivência. A primeira surgiu de longe, simplesmente colocou a mochila nas costas e apareceu, outra corajosa em um mundo para poucos. A segunda ate sofreu, mas nem o pé roxo fez com que desistisse da nova etapa da vida. Obrigada por serem tão decididas.

O "namorado dos sonhos" e seu comparsa não deixavam por um segundo de abrir o livro de perguntas e questionar sobre todos os tipos de assuntos que se possa imaginar, claro que o tema era homem e mulher. Entre um apuro e outro a atenção, carinho e respeito nunca foram deixados de lado com direito a música e copos de água. Obrigada pela consideração e toda dedicação.

Estressada que nem ela até existe, quer dizer, pensando bem não existe não! O seu estresse tem uma pitada de humor fora do normal tornando-o desigual de qualquer outro que já tenha visto ou convivido. Resultado muitas risadas. Uma música com um pouco mais de batida ou bom ritmo é o suficiente para que sinta o remexer de seu corpo. Obrigada por apresentar o lado divertido do estresse.

Quieta no seu canto e extremamente responsável e dedicada, é assim que vive a vida. Faz questão de fazer tudo do melhor modo possível, não permite que sejam feitas de qualquer jeito. Atitudes que não impedem seus momentos de tiradas e piadas, além de surpreender auxiliam no surgimento de lágrimas no canto do olho, sabe aquelas quando damos risadas profundas. Situações para poucos, obrigada por deixar que conhecesse e participasse deles.

No começo conhecê-la me deixou com o pé atrás, afinal de contas seria de fato a companheira de trabalho, besteiras que se não tomarmos cuidado nos impedem de conhecer e trabalhar com pessoas excepcionais. Sempre disposta às novidades e idéias que surgiam do nada, além de complementá-las sabiamente. Mão na massa é com ela mesma, disposta a erguer caixas pesadas e lutar pela responsabilidade social, começando pela reciclagem, com a mesma garra. Obrigada por ensinar a possibilidade de trabalhar em grupo e, que o trabalho só tem tendência a ser mais glorioso quando decidimos compartilhar, ouvir e trabalhar de fato em equipe.

Fez parte da dinâmica admissional, entrou e se tornou grande amigo. Sossegado, aprendeu que é preciso aproveitar positivamente tudo o que a vida oferece, inclusive situações indesejáveis. Duetos, "caiu, caiu", divertido, ótimo discípulo, difícil falar sobre alguém que confiou e se mostrou ótima pessoa para se confiar. Obrigada pela amizade e por mostrar que e possível ser excelente mesmo quando não é bem o que foi sonhado.

Confesso que inicialmente assustava e bem assustava de verdade. A verdade é que com tanta responsabilidade em suas mãos é bem ponderada e engraçada. Permitiu até que mexesse nas maquinetas. Vivia arrumando trabalho e, ficava brava se era esquecida. Obrigada pelo grande carinho.

Tive a impressão de que quando entrei usava aparelho e, estava no período de retirar, fiquei receosa de comentar, belo sorriso. Mais bonito do que pensa ser. Sempre disposto a colocar qualquer um pra cima e, levar uma lembrança por mais simples que fosse. Recebeu de braços abertos e, deu grande apoio na partida. Trabalhador terá conquistas surreais. Obrigada por tudo, coisas que nem você tem noção que foram boas, palavras perfeitas nas horas certas.

Apesar da proximidade conheci por acaso, o aumento do contato só veio após dividir uma grande costela de porco, cebolas fritas, sobremesas. De um dia para o outro era "a gigante" mesmo que perto dele fosse apenas uma anã. Risadas. Obrigada por ser o único a não me chamar de baixinha.

Se dependesse dele as loucas e imaginativas histórias estariam sendo publicadas em um livro o quanto antes. Com certeza compraria, fazia questão de afirmar. Não convivi muito, porém o suficiente para ter boas lembranças. Obrigada pelo apoio, quem sabe um dia publique algum, pode deixar que será avisado.

Apenas pequenas palavras sobre grandes pessoas. Algumas nem foram mencionadas, não porque tenham menos apreço, pelo contrário, apenas não quero abusar da boa vontade de meus sentimentos para escrever nesse humilde espaço.

A despedida foi rápida e as lágrimas foram seguradas ao máximo. Hoje sinto um pouco de tristeza por saber que amanhã não estarei dando bom dia ou contando uma história boba, porém me alegro ao recordar que vivi profundamente, que terei todos na lembrança e que manterei contato.

A decisão não foi nada fácil, principalmente por eles. Entretanto a vida é feita de partidas e inícios, todos se bem vividos e aproveitados serão mais do que "partidas e inícios". Trata-se de conquistas e mais conquistas, de sonhos, sentimento de estar aproveitando ao máximo tudo e todos. É BOM DEMAIS!!!

Quando não há mais essas sensações é preciso preocupar-se, não importa como você seja, é necessário apenas viver com intensidade, com alegria, disposição de conviver com as mais variadas pessoas, pois são essas que nos ensinam mais do que qualquer faculdade, computador, ou outro aparato possa ensinar. Permita-se relacionar com as pessoas, não tenha medo e VIVA!!!!!

You May Also Like

2 comentários

  1. Oieeee!!!

    Acho q serei a primeira a comentar!!!

    Achei mto legal seu texto, eu o seu "namorado" ficamos aqui tentando indentificar quem era quem, e através de algumas palavras-chave, acho q conseguimos!!! hehe

    Gostaria de tambem agradecer por todos aprendizados que tivemos juntas, afinal, quando vc entrou, eu anda estava aprendendo tbm...
    E olha, q legal... consegui passar as minhas preocupações com o meio ambiente para vc! Só vc mesmo pra levar a serio!!!

    Tudo aqui continua mais ou menos na mesma... mas agora tenho mais coisas pra fazer!! Espero dar conta de td.... A Gra esta como sempre quase louca, com tantas coisas pra fazer... o pietro nos abandonou, esta passando a semana no stb anhembi, mas volta e meia esta no chat, com seus comentarios dramaticos... a Ju reclamando dos clientes q ligam pra saber das carteirinhas... e eu, fazendo os boletos da tati, emitindo isis, e todas as outras coisas q vc ja sabe!!!

    espero que voce esteja gostando dessa nova etapa, e saiba tirar todos os aprendizados!!! te desejo mtas felicidades e muito sucesso!!!

    Beijos.. Giovanna!!

    ReplyDelete
  2. Oi, Carol.

    Tudo bem?

    A-D-O-R-E-I descobrir o seu blog... Pelo menos, assim, podemos conversr um pouco já que nossos horários não coincidem mais, né?!

    Sobre o seu texto, só queria dizer que despedidas, geralmente, são difíceis. Mas, ao mesmo tempo, é muito legal fazer o que vc fez - analisar tudo o que se passou e guardar com carinho todos os momentos bons que se viveu.

    Viver é muito bom e divertido - só depende de nós percer isso!

    Saudades de vc!

    Beijos
    Izabelle :)

    ReplyDelete