Coisas Da Vida !!!

A vida pode nos deixar de "boca aberta" em momentos e circunstâncias velhas, novas, iguais e diferentes

Uma Vida em Minha Vida

by - 5:01 PM

Descobri uma nova vida, através da sua. E mesmo assim, não tenho a mínima vontade de ter a sua vida. Minha plenitude está em compartilhar o seu momento.

Para você tudo tem valor, grande valor. Situações desinteressantes viram acontecimentos únicos. Pequenas descobertas são grandes conquistas, são lindas, diferentes e você adora me mostrar. Sem me minimizar, sorri nos momentos certos para me dar força quando acredito ser insignificante diante de ti.

O mais louco é que sua vida não me pertence. Ela já é tua! De quebra ganhei um presente, isso mesmo, em tão pouco tempo você abriu meus olhos para outra eu. O eu corajosa, menos encanada com imperfeições, forte e confiante.

Sou mais mulher e mais menina também. Sua energia transborda magicamente para mim, sigo em frente quando penso em parar e arrisco mais em minhas decisões. O seu olhar desafiante me impulsiona e fala: ei eu sei que você pode, e pode mais. Fica tranquila não poder não é o fim do mundo, muito menos fracasso. Afinal de contas você já é você!

É isso! A força do eu não descobriu outra pessoa em mim, mas 'a mim' adormecida, ou só aguardava a hora certa de se apresentar. São pequenos novos passos, assim como os seus, mas sua força de vontade é contagiante. Você confia e arrisca, o estranho não é tão medonho e o momento é brilhante.

Não preciso do dez, você não me exigiu isso para ser boa, para sorrir. A sua confiança em mim aumenta minha autoconfiança. E em meio ao seu, ao nosso choro, ainda arruma tempo para me tocar como se afirmasse: estamos nesta juntas. Você está aprendendo, eu também, há espaço para erros e acertos.

Dia a dia sou surpreendida e sinto que não parará tão cedo. Neste nosso novo mundo há muito mais prazeres do quê desprazeres, mesmo nos momentos complicados conseguimos rir. Podemos rir, chorar, gritar, cantar, rolar, se jogar, bater perna, e o melhor, redescobrir um mundo sem culpa, apenas com a beleza de um olhar puro e com total força de vontade de descobrir o tudo, o todo.

You May Also Like

2 comentários

  1. Excelente! Texto rico e muito cativante. É extraordinário quando descobrimos que o "outro" continua sendo o "outro" ainda que derrame sobre nós muito do que precisamos para um dia vir a ser o "outro" de alguém.Isso é maturidade! É crescer! É viver! Parabéns pelo texto. Go ahead!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada! Fiquei muito, muito feliz com o comentário. Abraços!

      Delete