Coisas Da Vida !!!

A vida pode nos deixar de "boca aberta" em momentos e circunstâncias velhas, novas, iguais e diferentes

Vinte Centavos

by - 8:57 AM

Será culpa apenas dos R$ 0,20 todo este "vandalismo" ?


Acho que nunca vi duas moedinhas de dez centavos causarem tanto. Nem quando tirei do meu cofrinho. Os vinte centavos adicionais nas passagens de ônibus, metrô e trem tem causado grande tumulto na cidade de São Paulo. 

Ontem (11), no final da tarde, a  Av.Paulista recebeu 10 a 12 mil pessoas, não para algum evento pitoresco ou show em celebração a virada de ano, mas de cidadãos revoltados com a nova tarifa. O segundo protesto aconteceu mesmo após os envolvidos do primeiro terem sido informados que seriam penalizados pelos atos de vandalismo.

Nos jornais - impressos, televisivos, digitais -, o foco estava nos vândalos, nos estragos deixados por todos os lados, no quão assustador foi para muitos pedestres o momentos do protesto. A polícia teve que agir, para colocar ordem na "bagunça" era necessário uma ação mais firme, mais forte. A segurança pública pedia por isso. Os centavos viraram um nada perto de tanto estrago causado por estes indivíduos irresponsáveis.

Esta é nossa mídia. Capricham nas fotos e mostram uma situação fora do controle, com brutos iniciando uma guerra sem motivo algum. Minha indignação está na lei básica de um bom jornalismo "mostre os dois lados da moeda". Neste caso, os centavos realmente estão tão amaldiçoados que a mídia resolveu apenas se afastar deles (ou, se uniu a outros...).

Para onde eles vão? Por que o aumento? Por que agora e não a alguns anos atrás? Por que sobrou para o novo prefeito o aumento? Por que estão protestando por "meros" R$ 0,20? E principalmente: como anda o transporte público atual, já que foi necessário o aumento de R$ 0,20? Melhorou? Todos estão sendo bem tratados e conduzidos com segurança para trabalho, casa e lazer?

Hoje de manhã, para minha surpresa, o jornal da manhã (7h30) da TV Globo fez um rápido paralelo. Colocou um repórter com câmera escondida para sentir um percurso feito com transporte público. É claro que ele constatou: a coisa está bemmm feia!!!!! Isto porque ele não mostrou todos os dias, não estava tão cheio como costuma estar e nem teve que acordar de madrugada para atravessar a cidade e chegar a tempo no trabalho. Não viu as gigantes filas para comprar passagens quando apenas 3 guichês funcionam, dos 6 que existem.

De resto, ainda não vi nenhuma análise válida para que os protestantes fossem acusados de vândalos. Só eles quebraram? Balas de borracha não podem ter quebrado? Protestantes não sofreram nenhum tipo de violência?! E o vandalismo que sofremos diariamente?

Para quem não se lembra, vamos a alguns tipos de vandalismo diários: conduções tão cheias que pessoas se machucam, ausência de manutenção nas ruas (as mesmas ruas que bancamos com caros impostos), o fato de que pagamos dois sistemas de saúde, ao mesmo tempo, (o privado e o público) e não conseguimos utilizar com dignidade nenhum deles, escolas então, sem comentários, nossas crianças não conseguem ser alfabetizadas (mais uma vez pagamos o privado e o público), nem calçadas descentes conseguimos ter (quando eram responsabilidade deles não tínhamos, agora passou a ser responsabilidade do morador, mas nosso imposto não baixou já que nós mesmo é que vamos cuidar da manutenção desta calçada, aquela, que eles não conseguiram manter), prédios e terrenos largados (a prefeitura e governo não parecem se punir por isso, como puni o privado). A segurança, tão falada no protesto, só se torna algo preocupante em um momento como este, mas e nos lugares em que nem mesmo as luzes (cuja responsabilidade não é da população) não existem e o breu prevalece?! 

Como podem notar o vandalismo não está em quebrar ou deixar de quebrar um vidro de uma estação de metrô em um ato de protesto, que quase nunca acontece. O vandalismo está em desrespeitar todos os direitos que um cidadão tem e pior, paga! 

Eu não participo destes protesto, sou um pouco medrosa, mas tenho orgulho de quem o faz e briga por direitos nossos. Agora ninguém pode reclamar que esta nova geração só fica no Facebook ou que apenas lá fora o povo sabe ir para as ruas. Estes mais de 10 mil cidadãos deveriam ser respeitados e a mídia poderia, pelo menos, fazer um trabalho mais completo, já que tecnicamente não pode ser parcial. 


Obs: as mídias acompanhadas são as mais conhecidas, tidas de mais acesso e populares: TV - Band, Record, Globo, SBT. Jornais - O Estado de São Paulo, Folha de São Paulo e Agora. Internet - referente aos acima e UOL e Terra. Caso tenha visto um trabalho mais completo de alguma empresa midiática, por favor, compartilhe! 

Vale saber: segundo o dicionário Michaelis - sm (vândalo+ismo1 Ação própria de vândalo. fig Destruição do que é respeitável pelas suas tradições, antiguidade ou beleza.

You May Also Like

1 comentários

  1. Carolina, passei muito tempo longe do teu blog. Tempo demais. Nem eu sei dizer por que, ao certo.
    Mas hoje percebi que já tinha me demorado demais longe daqui, e, que surpresa boa, ver uma postagem tão interessante, tema que também estou abordando em um dos meus blogs. Você tem razão, não são os vinte centavos que estão causando a revolta. É o desrespeito com o cidadão brasileiro, a falta de vergonha na cara dos políticos.
    Graças a Deus, a geração coca-cola está acordando.
    Antes tarde do que nunca.
    Beijos, moça. É ótimo vê-la outra vez.

    ReplyDelete