Coisas Da Vida !!!

A vida pode nos deixar de "boca aberta" em momentos e circunstâncias velhas, novas, iguais e diferentes

MediaOn 2011 | 2ºDia | 3ªmesa

by - 9:30 PM


                                        Ricardo Sangion (direita) | Foto Carolina Teixeira
As redes sociais cederam lugar para o Facebook e os novos atores que transformam o ciclo da notícia na terceira mesa do dia. 

Atualmente, o Facebook possui cerca de 800milhões de usuários ativos, destes, pelo menos metade entra todos os dias. No Brasil, a virada do ano de 2010 contava com 10 milhões de usuários, atualmente o número já ultrapassou os 30 milhões, sendo o que mais cresce no mundo.

Ricardo Sangion, gerente de expansão do Facebook, explica como o processo de relacionamento com a internet se modificou ao longo dos anos - em 90, a internet estava focada na navegação, nos anos 00's os sites de busca auxiliavam a se informar, a partir dos anos 10's a descoberta surge "sem querer", isto é, você não precisa necessariamente procurar para saber de algum assunto, mas fica sabendo das notícias através de amigos que a compartilharam. Esta nova forma de se comunicar torna o tempo um fator impactante, isto é, as pessoas costumam saber, sobre notícias, primeiramente pelas redes sociais, gerando um compartilhamento com alcance médio de  130 pessoas.

Este compartilhamento auxilia no crescimento das page views dos portais de notícias, e também pode ser visto como uma importante ferramenta de pesquisa, para produção de notícias para os jornalistas. Para tanto é preciso compreender o seu mecanismo. Bem como, a  riqueza do espaço para divulgação de notícias, ir além da publicação, ou até, mostrar os bastidores, já que é a distribuição de conteúdo o maior foco do Facebook. Lembrando que o Facebook é uma ferramenta mais profunda, não lida tanto com real time como o Twitter.

Sangion ainda deu outras boas dicas para os jornalistas aproveitarem da melhor maneira possível o Facebook, ele acredita ser uma excelente ferramenta para construção e fortalecimento da imagem/identidade do profissional. O jornalismo e o jornalista, podem aproveitar desta ferramenta que chega a crescer 50% mais do que as homes de portais. 


You May Also Like

0 comentários