Coisas Da Vida !!!

A vida pode nos deixar de "boca aberta" em momentos e circunstâncias velhas, novas, iguais e diferentes

O cara do café - Parte I

by - 4:08 PM

Mais um dia de trabalho e lá vou eu fazer as mesmas coisas de sempre e, olha que me esforço para tornar tudo mais divertido e menos maçante. Nem sempre consigo e, definitivamente, hoje não acordei tão inspirada para me surpreender. É obvio que este fato não me impedirá de ficar linda. Minha tia costumava dizer “são esses os dias que precisamos caprichar no look”.

Já no trabalho tudo parece caminhar bem, apesar de pouco inspirada não estava de mau humor, mas o sono começava a dominar meu corpo, então corri para a copa, uma dose extra de café ajudaria nesta dificuldade. Pelo menos é o que dizem, nunca acreditei muito, mas hoje o dia está repleto de afazeres e eu preciso de atenção máxima.

A copa como sempre vazia e com o café a ser feito. Incrível, tenho a sensação que esperam eu fazer o café, será?! Tudo bem não me importava, era o meu momento de reflexão e ninguém achava que na verdade eu estava fazendo hora, até porque, se eu não fizesse o café, ninguém tomava.

Nunca fui muito fã desta bebida, mas o ambiente de trabalho me forçou a gostar da bebida preta, agora, não escapo, todos os dias necessito no mínimo de três xícaras de café, para não me sentir tão mal. Começo a pensar se o café me faz bem ou se é o momento gasto na copa sem ninguém no meu pé.

Pego a água, coloco na cafeteira, depois a dose correta de café no filtro de papel e ligo. Fico olhando, na verdade não precisava, porém faço questão de assistir o processo de fervura, filtração e enfim a transformação. Hunf, nada mais do que uma água suja. Acompanho a queda do líquido na jarra de alumínio como se fosse algo realmente importante, e me perco em meus pensamentos. Só desperto quando alguém chega comentando: “Hum, que delícia esse cheiro né?!”, pronto é o meu despertador, me sirvo, sirvo a primeira pessoa que seguiu o cheiro e corro, antes de todos chegarem sedentos por uma dose de café.

Em dias mais empolgantes ainda fico para bater um papinho, mas dias como hoje eu corro antes que me percebam. Desta vez eu devia estar tão no mundo da lua que o pior aconteceu, esbarrei em um homem e lá se foi o meu café para a minha roupa e, claro, a dele. Fiquei mal, principalmente quando dei conta: eu não conhecia a pessoa. Droga, porque essas coisas não acontecem com quem conhecemos?!

- Mil desculpas!!! – eu não cansava de me desculpar enquanto tentava, em vão, limpar toda aquela sujeira.
- Imagina, acontece. Fica tranquila eu sempre trago uma camiseta extra. – Sua voz transmitia uma calma impressionante, e o timbre...Fiquei mais sem graça ainda, senti meu rosto esquentando, com certeza ele ficou vermelho.

- Desculpe mesmo. Acho que estava com a cabeça em outro lugar, não vi você vindo em minha direção e...- Continuei falando, como uma matraca, o nervosismo me deixa assim, falo sem parar. Mas, afinal de contas, porque eu estava tão nervosa fora apenas um café derramado. Nem mancha, bem, de acordo com minha pouca experiência na lavanderia, não mancha né?!

- Nossa você sempre desembesta a falar assim?! – Perguntou ele em um tom amigável, com um sorriso de canto, enquanto tirava o excesso da bebida em sua roupa. – Respire fundo. Está tudo bem! – finalizou ele, enquanto esticava a mão para se apresentar. – Prazer, sou Rafael.
- Ah, oi...prazer Emma. Você é novo por aqui?! – não contive a curiosidade, perguntei enquanto caminhava rumo a minha mesa.

- Sim. Comecei faz dois dias. Legal o ambiente por aqui né?! O café eles entregam pessoalmente assim sempre?! – brincou comigo.

Fiz uma careta, e me sentei. Precisava terminar um monte de coisas, meu tempo na copa durou mais do que o estabelecido por mim mesma, e não podia mais perder tempo. Disse um até logo e voltei ao trabalho. Acompanhei o andar dele até a mesa dele, que andar...Foi difícil voltar a me concentrar, meu Deus, quem era ele?! Como eu ainda não tinha visto ele por lá?! Esse é o terceiro dia dele aqui e eu ainda não tinha reparado?! Realmente não devo estar muito legal.


Emma é uma personagem de mentirinha. Vive aventuras a mil, estão espalhadas pelo blog, um dia, quem sabe, ela não terá seu próprio espaço ;-)

You May Also Like

1 comentários

  1. Eii!

    Personagem de mentirinha?

    Me parecia tão real! rsrs

    beijinho e linda semana pra vc!***

    @livinhainacio

    ReplyDelete