Coisas Da Vida !!!

A vida pode nos deixar de "boca aberta" em momentos e circunstâncias velhas, novas, iguais e diferentes

Sem Chão

by - 12:10 AM

Encontrar informações sobre uma adaptação da obra de Kafka chama a atenção, para completar, a peça é feita em andaimes. Isso mesmo, aquele que os limpadores de janela utilizam ou, profissionais que precisam alcançar as alturas em construções civis.

Logo, a confirmação: é preciso saber o que farão com uma obra como 'O Castelo' a metros de distância do chão. Curiosidade na certa. Quem apresenta a adaptação livre é a cia. Teatro da Vertigem. Já conhecidos por utilizarem espaços que vão além do tradicional palco.


- E o funcionário do mês é...


Kastelo incomoda logo de início. Seja pelo desconforto do lugar que sentará, ou, por não conseguir visualizar tão bem o que está acontecendo do outro lado da sala. O ambiente escuro. As mesas de escritório e papeladas no chão. Estou realmente sentado no lugar certo ou levarei bronca?

Logo, uma voz. Distante, quase impossível de ser ouvida porém, aos poucos, os ouvidos se acostumam. Os olhos também e o corpo fica esperto com a dinâmica dos trabalhadores deste kastelo paulistano. Uma discussão diferente dos vários pontos de vista do cotidiano do assalariado. Sua vida pessoal e profissional que, quase ou nada, se separam quando estão 'batendo o cartão'.

O significado do que é ser 'um trabalhador sem ofício nesse país estrangeiro'. O trabalho como fuga, como fracasso, como necessidade, como realização, como desespero, como sonho. O diploma sem valor. Não querer viver um dia inteiro rodeado de pessoas sentindo-se completamente solitário.

Querer ser aceito ou, simplesmente, um 'obrigado'. A vontade de estar no lugar do outro. A necessidade de não ser apenas mais um. Ouvir seu nome - não um número, nem apelido. A busca por algo que não sabe ao certo o que é.

Assim como a correria do dia-a-dia, onde muitas vezes, precisamos acompanhar sem poder nos intrometer e, ao mesmo tempo, obter resultados satisfatórios. Essa é a possível sensação do espectador de Kastelo, assistindo os acontecimentos do outro lado da janela. No prédio vizinho. Além, de um certo frio na espinha, por ver o quão sem chão eles se encontram.


Kastelo
29.01-14.03
Quinta à Domingo, às 21h
R$20 (inteira); R$10 (meia);
R$5(matriculados/comerciário SESC)

You May Also Like

0 comentários